As ensurdecedoras caixinhas de som



Se já não bastassem os mp3,4,5...players, Ipod e outros mais, a moda agora é a caixinha de som. É só andar pelas ruas que facilmente identificamos jovens com uma dessas caixinhas na mão, na maioria das vezes tocando um funk ou uma balada eletrônica.

Eles não se incomodam em carregar o objeto. Mas deviam lembrar que nem todo mundo é obrigado a ouvir o barulho emitido pela inovação. Que tal uma ‘Lei da Caixinha de Som’? Já que esta semana votaram a ‘Lei do Paredão’ (Fortaleza)!

O que mais me incomoda nessas caizinhas é que seus usuários a utilizam em todos os lugares sem nenhuma privação. Mas o que é pior, é que são ligadas cedinho, dentro do ônibus, quando várias pessoas nem se quer acordaram direito e estão se dirigindo ao trabalho. Para piorar, os portadores das caixinhas, também utilizam, no volume máximo, as caixinhas na hora da volta do trabalho, quando vários proletariados voltam cansados para sua casa.

Os portadores dessas caixinhas me faz lembrar daqueles punks que andavam com uma radiola enorme pelas ruas. Quem não é só ver um filme norte-americano dos anos 90. As caixinhas podem até serem interessantes em uma roda de amigos, mas não ensurdecendo as pessoas no dia-a-dia.

Por: Felipe Lima

4 comentários:

May Freitas disse...

pior....

Maria de Fatima disse...

Nada se cria, tudo se transforma.

Maurong disse...

acho que vou usar uma dessas nas campanhas políticas rsrsrsrsrrs

n@th@n100%gostosao disse...

muinto pika

Postar um comentário